A Central de Reservas do Brasil
Pague em até 6x sem juros
 
PROCURAR HOTEL
 
ESPECIAIS Tudo IncluídoPousadasResortsGuias
 
 
 
Guias de Viagem

Alojamentos

João Pessoa na Internet
Wikipedia João Pessoa
Wikipedia

Youtube Videos João Pessoa
Youtube



CENTRAL DE RESERVAS

João Pessoa

Gosto   Facebook Twitter

O município de João Pessoa encontra-se no nordeste do país, às margens do Oceano Atlântico, no litoral do Estado da Paraíba. Sua capital, do mesmo nome e por sua vez Capital do Estado, é a terceira Cidade mais antiga do Brasil e uma das mais importantes. Está dividida em duas zonas claramente diferenciadas, a Cidade Baixa, onde destaca-se o Porto do Capim, e a Cidade Alta, 'Centro Histórico de João Pessoa', cheia de monumentos uma grande maioria deles declarados 'Patrimônio Histórico Artístico Nacional', templos, palácios, teatros, museus, universidades e bibliotecas inundam a cidade. Além disso, é considerada a Cidade mais verde da América e uma das mais verdes do Mundo, rodeada de zonas naturais, parques, jardins, reservas da Mata Atlântica e um extenso litoral salpicado de belíssimas praias protegidas por coqueiros. É conhecida também pelas suas boas infra-estruturas hoteleiras e restaurantes, que cada ano recebe a milhares de turistas.

HISTORIA JOÃO PESSOA


Antes do seu descobrimento, estas terras estiveram habitadas por tribos indígenas da família do Tapuia, principalmente Índios Caetés, que foram expulsos para o interior pelos Potiguares e os Tabajaras. Se estabeleceram nas margens do Rio São Domingos, também conhecido como Rio Paraíba.

As terras do município de João Pessoa foram colonizadas pelos portugueses no século XVI, atraídos pela sua beleza natural, e posteriormente pelos franceses que se mantiveram instalados na zona durante vários anos.

Nos últimos anos do século XVI os portugueses reconquistaram a zona e construíram o Forte de São Felipe, origem da atual população, para defender-se dos contínuos ataques piratas das tropas inimigas, tão freqüentes naquela época.

João Pessoa foi fundada no dia 5 de agosto de 1585 e é a terceira Cidade mais antiga do Brasil, no começo era conhecida como Filipéia de Nossa Senhora das Neves, em homenagem a sua padroeira.
Posteriormente, no ano 1634 foi ocupada pelos holandeses que a denominaram Frederica, e vinte anos depois, em 1654, com a expulsão dos holandeses começou a ser chamada de Paraíba.

A partir deste momento sua população viveu um período de crescimento, no ano de 1684 se transformou na capital de província, mas não foi até o ano 1930 quando foi batizada com sua atual denominação, João Pessoa, em homenagem a seu Governador morto durante a Revolução.

Na década de 1940 a Cidade viveu um de seus melhores momentos estendendo-se para o litoral, graças à construção de uma de suas principais artérias, a Avenida Epitácio Pessoa, que unia o centro urbano com o litoral, esta que a converteria em uma das cidades turísticas mais importantes da época em todo o país.

Na atualidade João Pessoa é uma das Cidades mais bonitas do Brasil, onde um dos mais buscados pontos turísticos é o seu maravilhoso Centro Histórico, visitado durante todo o ano por milhares de turistas, com um grande número de edifícios e monumentos declarados 'Patrimônio Histórico Artístico Nacional', e seu belíssimo litoral salpicado de paradisíacas praias.

PASSEIO TURISTICO JOÃO PESSOA


Centro Histórico O Centro Histórico de João Pessoa, situa-se na Cidade Alta, uma das zonas em que está dividida a Cidade.


Cidade Alta A Cidade Alta é o lugar onde se constroem os monumentos mais importantes da Cidade, muitos deles declarados 'Patrimônio Histórico Artístico Nacional'. Merecem especial destaque a Basílica de Nossa Senhora das Neves, o Convento Igreja de Nossa Senhora do Carmo, o Conjunto de São Francisco, o Palácio da Redenção e o Teatro Santa Rosa


Cidade Baixa A Cidade Baixa é o lugar onde situa-se o Porto do Capim.


Basílica de Nossa Senhora das Neves A Basílica de Nossa Senhora das Neves está situada na Praça Dom Ulrico, Centro Histórico da Cidade. Foi construída na segunda metade do século XIX, sobre os restos de um antigo templo do século XVI que foi destruído e reconstruído em várias ocasiões no decorrer de sua história. Destaca-se as duas altas torres campanário de planta quadrada que se construiu em cada um dos seus lados da fachada principal.


Convento Igreja de Nossa Senhora do Carmo O Convento Igreja de Nossa Senhora do Carmo encontra-se na Praça Adauto, Cidade Alta. É um conjunto arquitetônico em estilo barroco-rococó construído no final do século XVI. No interior da igreja destacamos sua ampla nave decorada com motivos florais e seu altar maior, onde se situa um grande painel com as iniciais de Nossa Senhora do Carmo.


Mosteiro de São Bento O Mosteiro de São Bento encontra-se na Rua Geral Osório e foi construído no século XVII pelos monges Beneditinos. É um conjunto barroco formado pelo mosteiro e a igreja, considerado um dos mais importantes do Brasil. Foi restaurado no ano 1995 e atualmente no seu interior se realizam concertos de música e missas cantadas.


Igreja da Misericórdia A Igreja da Misericórdia foi construída na Rua Duque de Caxias no começo do século XVII e restaurada em várias ocasiões no decorrer de sua história. Serviu de matriz até o ano de 1671 e no ano de 1938 foi declarada Patrimônio Histórico Artístico Nacional.


Conjunto de São Francisco O Conjunto de São Francisco é um dos conjuntos arquitetônicos em estilo barroco mais importantes de todo o país, declarado Patrimônio Histórico Artístico Nacional. Foi construído no século XVII e está formado pela Igreja de São Francisco, o Adro da Igreja de São Francisco, o Cruzeiro de São Francisco, o Convento de Santo Antônio, a Fonte de Santo Antônio e o Relógio do Sol.


Igreja de São Francisco A Igreja de São Francisco foi construída no século XVII pelos freis franciscanos formando um dos monumentos históricos mais importantes de toda a Cidade, o Conjunto de São Francisco. É um belíssimo templo em estilo barroco rococó que ao longo de sua história foi sede do governo, quartel, seminário e colégio, entre outras. No ano 1938 foi declarada Patrimônio Histórico Artístico Nacional.


Adro da Igreja de São Francisco O Adro da Igreja de São Francisco foi realizado no século XVI e está rodeado por grandes muralhas antigas revestidas com painéis que representam a Paixão de Cristo.


Cruzeiro da Igreja de São Francisco O Cruzeiro da Igreja de São Francisco se constrói em um dos extremos do átrio da igreja. É uma cruz monolítica situada sobre um pedestal rodeado por esculturas de vários pelicanos.


Convento de Santo Antônio O Convento de Santo Antônio, também conhecido como Convento ou Claustro da Igreja de São Francisco, situa-se na Praça São Francisco, no centro cidade. Foi Colégio do Roger e do Museu Escola e Sacro da Paraíba e nos seus arredores destacam a Fonte de Santo Antônio e o Relógio de Sol. Foi declarado Patrimônio Histórico Artístico Nacional no ano 1952.


Fonte de Santo Antônio A Fonte de Santo Antônio situa-se nos jardins que rodeiam o Convento de Santo Antônio. Foi inaugurada no ano de 1717 e utilizada para abastecer aos freis do convento.


Relógio de Sol O Relógio do Sol situa-se fora do Convento de Santo Antônio, na Praça de São Francisco.


Palácio da Redenção O Palácio da Redenção situa-se na Praça Presidente João Pessoa, Centro histórico da Cidade. Foi construído pelos Jesuítas no ano de 1586 no ano de 1980, declarado Patrimônio Histórico Artístico.


Palácio Episcopal O Palácio Episcopal de João Pessoa situa-se na Praça Dom Adauto do Centro Histórico da Cidade. Foi declarado Patrimônio Histórico Artístico Nacional no ano de 1980.


Paço Municipal - Prefeitura Municipal O Paço Municipal de João Pessoa, sede da Prefeitura Municipal, situa-se na Praça Pedro Américo, Centro Histórico da Cidade.


Teatro Santa Rosa O Teatro Santa Rosa se encontra localizado na Praça Pedro Américo, Cidade Alta. Foi inaugurado no ano 1889 e é um belo edifício de estilo barroco com fachada grego romana, um dos teatros mais antigos do Brasil.


Praça Venâncio Neiva A Praça Venâncio Neiva foi mandada construir pelo Presidente Camilo de Holanda e inaugurada no ano de 1917. É uma das praças mais pitorescas da Cidade e se localiza nos arredores do Palácio da Redenção, na Cidade Alta. Foi declarada no ano de 1980 Patrimônio Histórico Artístico Nacional.


Praça da Independência A Praça da Independência foi inaugurada no ano 1922 com o motivo da comemoração do Centenário da Independência. Como monumentos merecem especial destaque um obelisco de pedra granítica e um quiosque em estilo neoclássico. Foi declarada Patrimônio Histórico Artístico Nacional no ano 1980.


Praça Presidente João Pessoa A Praça Presidente João Pessoa foi mandada construir a princípios do século XIX pelo Presidente Luiz da Motta Feo no centro da Cidade. Seu ambiente abriga a Assembléia Legislativa, o Palácio da Redenção, o Tribunal de Justiça e a antiga Faculdade de Direito, entre outros edifícios históricos.


Casa da Pólvora A Casa da Pólvora encontra-se na Ladeira de São Francisco, no centro da cidade. No ano de 1938 foi declarada Patrimônio Histórico Artístico Nacional e atualmente é a sede do Museu Fotográfico Walfredo Rodríguez, com um importante acervo fotográfico da Cidade.


Museu Cripta de João Pessoa O Museu Cripta de João Pessoa encontra-se instalado nos jardins do Palácio da Redenção, na Cidade Alta. No seu interior se conservam objetos pessoais de João Pessoa e a cripta com seus restos mortais e os de sua esposa.


Faculdade de Direito A Faculdade de Direito encontra-se hospedada em um belo edifício do século XVI construído pelos freis Jesuítas na sua chegada à Cidade, antiga Casa do Colégio dos Jesuítas. Localiza-se na Praça Presidente João Pessoa, Centro Histórico da Cidade.


Espaço Cultural José Lins do Rêgo O Espaço Cultural José Lins do Rêgo localiza-se na Rua Absias Gomes de Almeida, Tambauzinho. É o centro cultural e de convenções mais importantes de toda a cidade e um dos mais importantes de toda a região nordeste do Brasil. Nas suas instalações se destaca o Centro de Convenções e a Praça do Povo, além de salas de cinema, teatros, bibliotecas, planetário e vários museus.


Fonte de Tambiá A Fonte de Tambiá está instalada no interior do Parque Zôo Botânico Arruda Câmara. Foi construída no século XVIII e no ano de 1941 foi declarada Patrimônio Histórico Artístico Nacional.


Parque Zôo Botânico Arruda Câmara O Parque Zôo Botânico Arruda Câmara, conhecido popularmente por 'Bica' devido a uma fonte de água mineral que existe em seu interior, é um dos parques mais pitorescos de João Pessoa, declarado Patrimônio Histórico Artístico Nacional no ano de 1980. Situada na Rua Gouveia Nóbrega, centro da cidade e é considerado um verdadeiro Santuário Ecológico, composto por um jardim zoológico, um jardim botânico, lagos, riachos, fontes e diferentes áreas de lazer e descanso.


Parque Solon de Lucena O Parque Sólon de Lucena, conhecido popularmente como Lagoa, é um dos principais cartões postais do município de João Pessoa e situa-se na zona comercial da Cidade, às margens de uma lagoa rodeada de palmeiras imperiais e acácias. Nas suas imediações realizam-se durante todo o ano diferentes atos e eventos populares e conta com bons restaurantes onde se pode apreciar uma deliciosa gastronomia da zona.


Jardim Botânico Benjamin Maranhão O Jardim Botânico Benjamin Maranhão, conhecido também por Mata do Buraquinho, tem uma extensão de 515 hectares e é a maior reserva florestal localizada na área urbana do país. Ao seu redor existem lagos, lagunas, rios e fontes.


Ilha do Picãozinho - Piscinas Naturais A Ilha do Picãozinho se localiza enfrente a Praia de Tambaú, a 2 Km da costa. Está formada por recifes de corais que na maré baixa formam maravilhosas piscinas naturais cheias de peixes de todas as colores. É freqüentada pelos amantes do mergulho e existem empresas que nos aproximam a elas.


Ilha de Areia Vermelha A Ilha de Areia Vermelha é um banco arenoso que emerge do mar. Somente em alguns períodos de veraneio nas marés baixas. É conhecida como Areia Vermelha por causa da cor avermelhada da sua areia, devido ao grande número de algas. É visitada por milhares de turistas nos fins de semana. Está protegida por uma barreira de recifes de corais, onde habitam numerosas espécies marinhas.


Farol do Cabo Branco O Farol de Cabo Branco foi inaugurado no ano de 1972 e tem uma altura de 40 metros sobre o nível do mar. Merecem especial atenção as maravilhosas vistas de todo o litoral que se obtêm desde seus arredores.


Rio Sanhauá O Rio Sanhauá é um afluente do Rio Paraíba que desemboca no município de João Pessoa.

PRAIAS JOÃO PESSOA


Playas Todo o Litoral do município de João Pessoa é conhecido por suas maravilhosas praias de areia fina e águas cristalinas de agradável temperatura, muitas delas protegidas por extensas massas de coqueiros. Algumas das mais destacadas são, as praias urbanas de Tambaú e Cabo Branco, que contam com todos os serviços necessários, e a praia do Bessa, onde se localiza o Iate Clube da Paraíba e o Aeroclube de João Pessoa. Além disso, merece especial destaque a Ilha do Picãozinho, famosa pelas suas Piscinas Naturais, e a Ilha de Areia Vermelha que emerge do mar em alguns períodos do ano.


Praia do Bessa


Praia de Manaíra


Praia de Tambaú


Praia de Cabo Branco


Praia do Seixas


Praia da Penha


Praia do Arraial


Praia Jacarapé


Praia do Camurupim


Praia do Sol

MAPA JOãO PESSOA



Por que reservar com a-brasil.com?
Idiomas: Español | English | Français | Deustch | Português | Italiano | Nederlands