A Central de Reservas do Brasil
Pague em até 6x sem juros
 
PROCURAR HOTEL
 
ESPECIAIS Tudo IncluídoPousadasResortsGuias
 
 
 
Guias de Viagem

Alojamentos

Manaus na Internet
Wikipedia Manaus
Wikipedia

Youtube Videos Manaus
Youtube



CENTRAL DE RESERVAS

Manaus

Gosto   Facebook Twitter

Manaus, Capital do estado de Amazonas, é uma cidade histórica e portuária localizada no centro da maior floresta tropical do mundo, a 'Selva Amazônica'. Além das belezas naturais que rodeiam todo o município, a cidade de Manaus possui um dos parques industriais mais importantes de todo o país, que nos últimos anos à converteu em uma grande metrópole com mais de 1,5 milhões de habitantes. É considerada umas das maiores e mais belas cidades do Brasil e destaca-se pelo seu patrimônio arquitetônico e cultural, com numerosos templos, palácios, museus, teatros, bibliotecas e universidades; e por suas belezas naturais, rodeada de amplas zonas verdes, parques, jardins, hortas e praias fluviais. Um dos seus principais símbolos é o 'Teatro Amazonas', sede de espetáculos nacionais e internacionais de altíssimo nível. Além disso, conta com excelentes infra estruturas urbanas e hoteleiras que todos os anos acolhem uma grande quantidade de turistas. Na maioria amantes do ecoturismo. Outros dos seus grandes atrativos são suas populares e múltiplas festas, especialmente o 'Carnaval' e o 'Boi Manaus'.

HISTORIA MANAUS


O território onde se localiza o município de Manaus começou a ser ocupado por tribos indígenas muito antes da sua colonização. No início se estabeleceram nas margens do Rio Negro, afluente do Rio Amazonas, e eram grandes caçadores e pescadores.

Depois de 1669, foi colonizada toda a zona pelos Portugueses, construindo na margem esquerda do Rio Negro a Fortaleza de São José para impedir a aproximação dos espanhóis, assim se dava início à atual Manaus.

Inicialmente a população foi conhecida como Barra do Rio Negro e se dedicava principalmente ao cultivo de algodão, cacau, tabaco e exploração da borracha. No ano de 1758 converteu-se na sede da Capitania de São José do Rio Negro.

No ano de de 1833 o povoado foi ascendido à vila, a partir desse momento passa a ser denominada por Vila Manaus. Um pouco mais tarde, no ano 1848, recebeu o título de cidade, ainda que seu crescimento não o justificasse. Era conhecida como a Cidade da Barra do Rio Negro e o seu nome só foi alterado para Manaus em 1856.

No final do século XIX e a princípios do séc. XX o apogeu da borracha motivou um período de grande prosperidade e crescimento em todo o município, canalizaram suas águas e chegou a iluminação. Manaus foi a primeira cidade do país a ser urbanizada e a segunda a receber energia eléctrica. Os 'Senhores da Borracha' levantaram os principais monumentos arquitetônicos da cidade merecendo especial atenção o Mercado Adolpho Lisboa, o Teatro Amazonas e o Porto de Manaus.

Até ao ano 1967 Manaus não superou a barreira dos 300.000 habitantes, mas graças à construção da zona franca de Manaus, onde se edificaram numerosas indústrias que desenvolviam importantes atividades comerciais e agrárias, a cidade teve um rápido crescimento que continua até os dias de hoje.

Hoje, Manaus se converteu em uma das cidades mais povoadas do Brasil com mais de 1.5 milhões de habitantes e é conhecida em todo mundo como 'Paris dos Trópicos' e 'Coração da Amazônia'. Esta grande metrópole é visitada todos os anos por uma grande quantidade de turistas atraídos por seu maravilhoso entorno natural e seu rico patrimônio arquitetônico.

PASSEIO TURISTICO MANAUS


Selva Amazônica A Selva Amazônica, Pulmão do Planeta Terra, é a maior floresta tropical do mundo e o ecossistema de maior biodiversidade que existe no planeta, onde convivem 50% de todas as espécies de animais e plantas que existem na terra, além dos vinte milhões de pessoas e numerosas tribos indígenas. A Selva encontra-se dividida pelo Rio Amazonas e a sua rica vegetação que se reparte em três claros ecossistemas, a Floresta de Igapó, Floresta de Várzeas e a Floresta de Terra Firme que contam com uma bela flora aquática, onde um dos seus principais símbolos é a flor denominada Vitória-Régia. Na atualidade, a nefasta ação do homem, na maioria explorações ilegais, já destruiu-se 15% da Amazônia, e o restante está sob a mesma ameaça.


Rio Amazonas O Rio Amazonas conhecido antigamente como Apurimac, Ucayali e Marañon é o maior e mais torrente rio do mundo, com aproximadamente 7.000 km de comprimento, e um caudal que alcança nas temporadas de chuva mais de 250.000 m3 por segundo. Nasce na Montanha Nevado Mismi nos Andes Peruanos, passa por Colômbia e cruza todo o Norte do Brasil, desembocando entre os Estados de Amapá e Pará, às margens do Oceano Atlântico. É um rio navegável para todo o tipo de embarcações e conta com o maior potencial hidroeléctrico do Brasil. Nele habitam milhares de espécies de peixes e mamíferos aquáticos, entre os quais, merece especial atenção o golfinho cor-de-rosa e a lontra gigante.


Catedral de Manaus A Catedral de Manaus foi erguida sobre os restos da antiga Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, construída a finais do séc. XVII no centro de Manaus, Praça Oswaldo Cruz, no cimo de uma pequena colina em frente ao Porto de Manaus e destruída por um incêndio. A primeira grande obra arquitetônica realizada na cidade é um templo do estilo neoclássico inaugurado no ano de 1878, destacada pelas suas altas torres campanário situadas de cada lado da fachada principal.


Igreja de São Sebastião A Igreja de São Sebastião encontra-se situada no centro de Manaus na rua 10 de Julho. Foi construída por Gesualdo Marchetti de Lucas no ano 1888 em estilo neoclássico, com alguns elementos medievais. Pertence aos Padres Capuchinhos e no seu interior merece especial atenção os seus formosos vitrais do altar maior e seu teto, pintado por Domênico de Angelis. Na fachada destaca-se uma grande torre campanário de planta quadrada coroada por um grande pináculo.


Igreja Nossa Senhora dos Remédios A Igreja Nossa Senhora dos Remédios foi construída na rua Miranda Leão sobre os restos de um antigo cemitério indígena. Foi inaugurada no ano 1879.


Paço da Liberdade O Paço da Liberdade, conhecido também como Paço Municipal, localiza-se no centro da cidade, Praça D. Pedro II. A sua construção foi iniciada em 1874 e é um dos primeiros edifícios de estilo neoclássico construídos em Manaus e um dos mais importantes da zona Histórica.


Palácio da Justiça O Palácio da Justiça, situado na Avenida Eduardo Ribeiro, é um magnífico edifício de estilo neoclássico construído nos últimos anos do séc. XIX e inaugurado em 1900. Está protegido por um grande muro e na fachada destaca-se uma grande estátua de Têmis, Deusa grega da lei e da justiça.


Palácio Rio Branco O Palácio Rio Branco atualmente é a sede da Assembléia Legislativa do Estado.


Palácio Rio Negro - Centro Cultural O Palácio Rio Negro, situado na Avenida 7 de Setembro, foi construído nos finais do séc. XIX, conhecido originalmente como Palacete Scholtz, residência de um famoso comerciante alemão. Em 1918 foi adquirido pelo Estado convertendo-se na residência do Governador. Foi declarado Patrimônio Estadual no ano de 1980 e no ano de 1995 reconverteu-se no Centro Cultural Palácio Rio Negro, onde se realizam importantes manifestações e atos culturais.


Alfândega - Conjunto Arquitetônico O Conjunto Arquitetônico da Alfândega e Guarda Moria localiza-se na Rua Marquês de Santa Cruz e foi declarado Patrimônio Histórico Nacional no ano de 1987.


Museu Amazônico O Museu Amazônico encontra-se situado no centro da Cidade na Rua Ramos Ferreira. Foi inaugurado em 1991 e no seu interior estão expostos documentos, fotografias relacionadas com a história da Região Amazônica, recompiladas pelo famoso cineasta e fotógrafo português Silvino Santos.


Museu de Ciências Naturais da Amazônia O Museu de Ciências Naturais da Amazônia localiza-se na Estrada Belém, Cachoeira Grande, e é uma das atrações turísticas mais antigas da cidade. É administrado pela Associação Naturalista da Amazônia e destacam-se as coleções de borboletas, insetos e peixes da região.


Museu do Índio O Museu do Índio encontra-se localizado na rua Duque de Caxias. No seu interior podemos encontrar importantes coleções de utensílios, armas e adornos realizados pelas tribos indígenas que viviam em toda a região Amazônica, principalmente os Tukano, Dessana, Tariano e Baniwa.


Museu do Porto de Manaus O Museu do Porto de Manaus encontra-se instalado no antigo edifício do Tesouro Público, Rua Boulevard Vivaldo Lima. Guarda no seu interior um importante arquivo que nos ensina a história da navegação e da construção do seu porto.


Monumento Abertura dos Portos O Monumento Abertura dos Portos situa-se na praça São Sebastião, em frente do Teatro Amazonas. Foi inaugurado em 1900 para comemorar a abertura dos portos do rio Amazona ao comércio mundial, realizada em 1867.


Teatro Amazonas O Teatro Amazonas, é um dos mais luxuosos da América Latina, é o principal patrimônio Artístico Cultural do Estado, símbolo do município de Manaus. Localiza-se na praça São Sebastião e foi mandado construir em 1881 pelo deputado Fernández Júnior. Foi inaugurado em 1896 como o maior símbolo do apogeu econômico da cidade e no seu interior realizam-se no decorrer de todo o ano os espetáculos nacionais e internacionais mais importantes que se desenvolvem em todo o município. Em 1974 foi declarado Patrimônio Nacional.


Quartel da Polícia Militar O Quartel da Polícia Militar situa-se na Praça Heliodoro Balbi e é uma das construções mais antigas da cidade. Foi declarado Patrimônio Histórico do Amazonas em 1988.


Mercado Municipal Adolfo Lisboa O Mercado Municipal Adolfo Lisboa, conhecido popularmente como 'Mercadão' localiza-se na Rua dos Barés no centro da cidade. Foi inaugurado em 1882.


Relógio Municipal O Relógio Municipal de Manaus foi importado da Suiça em 1927 e está situado sobre um grande pedestal na avenida Eduardo Ribeiro, Largo da Matriz.


Porto de Manaus O Porto de Manaus localiza-se na margem esquerda do rio Negro. Foi realizado por ingleses e forma parte de um importante conjunto arquitetônico declarado Patrimônio Histórico Nacional em 1987, com o prédio da Ilha de São Vicente, o Escritório Central, o Museu do Porto e o antigo prédio do Tesouro Público, entre outras construções.


Balneários Públicos Os Balneários Públicos de Manaus localizam-se nas proximidades da cidade. São lugares públicos conhecidos como 'Banhos' onde se formam piscinas naturais frequentadas aos fins de semana pelos habitantes da cidade. Merece especial atenção Trauma, Tarumãzinho e a Cachoeira das Almas.


Praia Ponta Negra A Praia Ponta Negra, praia da orla do rio Negro, é uma das atrações turísticas mais importantes de todo o município. Localiza-se a 13 Km do centro da Cidade e foi realizada pela Prefeitura Municipal entre o ano de 1993 e 1996. Forma parte do Parque Cultural, Esporte e Lazer Ponta Negra conhecido por suas importantes infra estruturas turísticas, bares, restaurantes, anfiteatro, posto de saúde, zonas esportivas e várias praias de areia fina e águas mornas, entre outras coisas.


Parque Ecológico do Lago Janauari O Parque Ecológico do Lago Janauari localiza-se a 7 Km do centro de Manaus, nos arredores do Rio Negro. Tem uma área de 9.000 hectares e no seu interior destaca-se o Lago do Janauari com água calma e cristalina.


Parque Municipal do Mindú O Parque Municipal do Mindú encontra-se situado no bairro do Parque 10 de Novembro, Rua Perimental. Foi fundado em 1992 e é uma área de interesse ecológico administrada pela Secretária Municipal do Desenvolvimento e Meio Ambiente. Nos seus mais de 33 hectares habitam numerosas espécies de plantas e animais, um dos mais importantes é o Sauim-de-Manaus, uma das espécies de macaco em perigo de extinção que só existe nesta região. Dispõe ainda de biblioteca, centro de informação e um teatro.


Bosque da Ciência O Bosque da Ciência encontra-se situado na rua Otávio Cabral e pertence ao Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia. Foi inaugurado em 1995 e no seu interior convivem numerosas espécies de plantas e animais da região Amazônica. As principais atrações do bosque são o viveiro dos jacarés, o tanque do peixe-boi, o lago de tartarugas e a Casa da Ciência, entre outras.


Jardim Botânico Adolpho Ducke O Jardim Botânico Adolpho Ducke localiza-se no interior de uma reserva florestal situada na zona leste da Cidade. No interior habitam numerosas espécies de animais e plantas, muitas delas em perigo de extinção e protegidas pela lei. Conta com um complexo formado por um pavilhão de eventos, uma cantina, uma biblioteca e várias salas administrativas.


Zoológico do CIGS O Zoológico do CIGS, Centro de Instrução de Guerra na Selva, é administrado pelo Exército Brasileiro e localiza-se na Estrada da Ponta. Foi inaugurado em 1967 e no seu interior encontram-se mais de 300 espécies de animais da fauna amazônica.


Encontro das Águas O Encontro das Águas é um fenómeno natural que se produz na confluência das águas dos rios Negro y Solimões, a 10 Km de Manaus, que durante seis quilômetros, até a Ilha de Terra Nova, não se mistura devido a diferente temperatura, densidade e velocidade que correm. É uma das atrações turísticas mais espetaculares de todo o município, muito apreciada pelos turistas.


Boi Manaus - A Festa da Cidade Boi Manaus é a festa principal e mais multitudinária que se realiza em Manaus. Foi fundada para comemorar o aniversário da Cidade e acontece todos os anos no mês de outubro durante três longos dias, onde a música e a dança estão garantidos. Seus principais espetáculos se desenvolvem no Centro Cultural Humberto Calderano, conhecido popularmente como 'O Sambódromo', e é uma das atrações turísticas mais conhecidas em todo o país, que atrai a milhões de pessoas todos os anos.


Carnaval de Manaus O Carnaval de Manaus é um dos mais animados de toda a região norte do Brasil, visitado por uma grande quantidade de turistas todos os anos. Destacam-se os desfiles das escolas de samba que se realizam no Sambódromo.

MAPA MANAUS



Por que reservar com a-brasil.com?
Idiomas: Español | English | Français | Deustch | Português | Italiano | Nederlands